Atitudes e decisões reprodutivas e padrões de adaptação em sobreviventes jovens de cancro da mama


Projeto de Investigação

Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação 
Universidade de Coimbra


Agradecemos o seu interesse no nosso estudo!

Este estudo destina-se a mulheres que preencham os seguintes critérios:

- Que tenham entre os 18 e os 40 anos
- Que tenham sido diagnosticadas com cancro da mama há pelo menos dois anos
- Que tenham realizado radioterapia e/ou quimioterapia no passado


Se preenche estes critérios, gostaríamos de a convidar a participar neste estudo


Antes de decidir participar, é importante que compreenda porque a investigação está a ser feita e o que envolve. Por favor leia a informação seguinte cuidadosamente. Decida sem pressões se quer participar.


O cancro da mama é o tipo de tumor mais frequente em mulheres em idade reprodutiva. Muitas mulheres diagnosticadas no passado com esta patologia ainda não iniciaram ou completaram a sua família. A investigação e prática clínica têm demonstrado que questões relacionadas com a fertilidade, reprodução e parentalidade são muito importantes para estas mulheres, e podem afetar o seu ajustamento psicológico. Embora já existam alguns estudos sobre este assunto, ainda pouco se sabe acerca das atitudes e decisões reprodutivas neste grupo de mulheres. Este é o primeiro estudo realizado em Portugal sobre este tema.

Quais são os objetivos deste estudo?
Com este estudo pretendemos estudar e compreender as atitudes e decisões que mulheres diagnosticadas no passado com esta patologia têm em relação à fertilidade e à parentalidade. Também queremos compreender como fatores demográficos (por exemplo, idade), clínicos (por exemplo, tipo de tratamentos efetuados), relacionais (por exemplo, a qualidade do  relacionamento com  o esposo/companheiro/namorado), Qualidade de Vida e ajustamento emocional influenciam estas atitudes e decisões. 
Porque é que este estudo é importante?
Este estudo é muito importante porque nos irá ajudar  a compreender melhor as atitudes e decisões reprodutivas e o impacto que estas questões têm na adaptação psicológica e Qualidade de Vida de mulheres que foram diagnosticadas no passado com cancro da mama. Os resultados serão cruciais para o desenvolvimento de programas de seguimento ajustados às necessidades das sobreviventes, implementação de intervenções educativas apropriadas na prevenção e deteção precoce das suas necessidades e a melhoria do seu ajustamento psicológico e Qualidade de Vida.

O que eu tenho que fazer se decidir participar no estudo?
Terá somente que completar um conjunto de questionários que se seguem após clicar Seguinte no fundo desta página. Os questionários demoram cerca de 20 minutos a preencher. Tenha em consideração que não existem respostas certas ou erradas. É a sua resposta que nos interessa!

As minhas respostas aos questionários serão confidenciais?
SIM.
Podemos garantir-lhe total confidencialidade acerca de todas as informações que disponibilizar sobre si. Os investigadores comprometem-se a utilizar os dados fornecidos pelos participantes somente para fins de investigação. Os dados serão tratados apenas coletivamente, de forma a garantir, em todos os momentos, o seu anonimato. O anonimato será sempre garantido.


A sua participação no estudo é totalmente voluntária! Se decidir participar clique em Seguinte no fundo desta página! 
Ao preencher os questionários estará a consentir participar no estudo.


Este estudo está a ser desenvolvido pela Linha de Investigação "Relações, Desenvolvimento & Saúde" da Faculdade de Psicologia e de Ciências das Educação da Universidade de Coimbra

Coordenação do Projecto:
Vânia Gonçalves
Maria Cristina Canavarro


Se precisar de informações adicionais acerca deste estudo, por favor contacte a investigadora responsável:

Vânia Gonçalves
Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
Universidade de Coimbra
Rua do Colégio Novo, Apartado 6153
3001-802 Coimbra
Portugal

E-mail:
vmo.goncalves@hotmail.com
 

Existem 69 perguntas neste inquérito

A note on privacy
Este inquérito é anónimo.
O registo das respostas ao inquérito não contém qualquer informação sobre a sua identidade, excepto se alguma pergunta do inquérito solicitar alguma identificação e a fornecer. Se usou um código para aceder a este inquérito este código não será guardado junto com as suas respostas. O código é gerido numa base de dados separada e apenas é utilizado pelo programa para registar que concluíu o inquérito. Não há forma de relacionar os códigos dos convidados a participar no inquérito com as respostas dadas.